| Fundação Copel


Informações Pessoais:

Estado civil: Casado 
Nacionalidade: Brasileira 
Idade: 48 anos
Naturalidade: Curitiba- Paraná
Filiação: Loriete Grocoski Perdoncini e Sady Perdoncini
 
Objetivo: 

Contribuir com meu conhecimento e experiência(*) em benefício da Fundação Copel, como representante dos participantes, no uso das atribuições de conselheiro fiscal da Instituição. Atividade exercida como suplente nos anos de 2011 a 2013.

Resumo Funcional: 

Companhia Paranaense de Energia - COPEL

Admissão: 05/09/2005 (atual)

Superintendência de Controladoria Contábil - SCC.   01/12/2013
Departamento de Gestão de Riscos - DRCI (Analista de Controladoria) Resumo das atividades: Coordenar atividades na Companhia, suas Subsidiárias Integrais e Controladas, da identificação de riscos estratégicos, operacionais, financeiros e de conformidade (compliance) e no estabelecimento de controles internos para o cumprimento de requisitos legais, SOX - Sarbanes Oxley e regulatórios, contribuindo com  a padronização  dos principais  processos. Atuar em conjunto com as áreas responsáveis  pela  elaboração  de relatórios anuais de governança e de sustentabilidade da Companhia, exigidos pela Securities  and Exchange Comission, SEC, e Comissão de Valores Imobiliários, CVM, bem como de relatórios da Fundação Nacional da Qualidade - FNQ, quanto à gestão de riscos corporativos e ao ambiente de controles internos da Companhia.

Auditoria Interna- AUD (Auditor) - 01/09/2008 - 31/11/2013
Resumo das atividades: Supervisionar e executar programas de Auditoria de processos internos, auditoria de sistemas de informação TI, englobando também testes de auditoria para atender a SOX e assuntos relacionados à fraude. Recomendar medidas de correção, otimização e aprimoramento dos trabalhos da Cia, das empresas controladas, coligadas e patrocinadas.

Superintendência de Tecnologia da Informação- STI (Supervisor de Setor) - 01/04/2007 
Resumo das atividades: Supervisionar e controlar os Sistemas Corporativos e Departamentais implantados em ambiente de Produção de Informática;

Superintendência de Tecnologia da Informação- STI (Analista de Produção) - 05/09/2005 
Resumo das atividades:  Prestar suporte e controlar  os  Sistemas Corporativos e Departamentais implantados em ambiente de Produção de Informática; Registrar  as anomalias  dos  sistemas  de TI;  Documentar e manter atualizados os processos e sistemas implantados na COPEL.

Banco ltaú S.A.

Admissão: 01/01/2001-01/09/2005
Superintendência de Sistemas TI- STDS (Analista de Sistemas)
Resumo  das atividades: Desenvolver  sistemas de informação corporativos; Participar da análise do sistema de informação  proposto;  Executar a implementação do projeto físico do sistema; Participar da implantação  e do acompanhamento do período pós-implantação e executar a manutenção corretiva de sistemas de informação.

Banco do Estado do Paraná S.A. - BANESTADO

Admissão: 30/06/1981-31/12/2000
Superintendência de Suporte Técnico - TI (Analista de Suporte)

Resumo das últimas atividades: Efetuar supervisão, instalação, manutenção e correções em componentes do software básico, bem como prestar apoio técnico ao uso de componentes pouco complexos de software e hardware; Participar na identificação e solução de problemas em componentes de software e hardware.

Formação: 

TECNOLOGIA PARA SISTEMAS DE INFORMAÇÃO
•  Pontifícia Universidade Católica do Paraná I PUC-PR
•  Ano de conclusão 2003
•  Pós-Graduação

ANÁLISE DE TECNOLOGIA EM PROCESSAMENTO DE DADOS
• Sociedade Paranaense de Ensino e Tecnologia SPET-PR
• Ano de conclusão 1999
• Graduação

CIÊNCIAS CONTÁBEIS
•  Universidade Positivo - UP
•  Em andamento
•  Graduação

Resumo de Qualificações:

Cursos extracurriculares

•  Formação  de  Auditores  Internos  - AUDIBRA  - Instituto de  Auditores Internos do Brasil. Nível Básico e Avançado
•  Gerenciamento de Projetos.
•  Certified Internai Auditor- CIA
•  Administração de Conflitos
•  Gerenciamento de Riscos em Projetos
•  Gestão de Riscos
•  ACL Audit Command Language, básico e avançado
•  Curso de Formação de Conselheiros de EFPC
•  Membro do Grupo de Estudos da ISO 31000 Gestão de Riscos


Associações profissionais:

Instituto dos Auditores Internos do Brasil- AUDIBRA  nº 331/2208




Face a legislação atual, também novas atribuições são necessanas para a atuação dos conselheiros, bem como a necessidade imediata de acesso mais amplo às informações das entidades privadas de previdência complementar. A implementação de sistemas informatizados e integrados é parte fundamental no exercício da função de fiscalizar e monitorar, as  contas e  os  atos  da  administração  de  forma  transparente  e continuada. Melhorar a gestão interna e conferir mais qualidade e segurança a todas as operações.

Os conceitos de Previdência e Educação Financeira são indissociáveis da idéia de futuro e, por isso, a importância dos investimentos na formação da base fundamental. Priorizar e intensificar  a  divulgação  de  assuntos  ligados  a  Previdência  e  Finanças  por  meio  de programas  específicos,  com  objetivo  de  levar  ao  participante  o  entendimento  e  a proximidade da gestão dos seus recursos.

Identificar o atendimento ao guia PREVIC que define as "Melhores Práticas em Fundos de Pensão", cuja finalidade é fornecer uma diretriz geral sobre temas da legislação especifica da previdência complementar fechada. Verificar a aplicação de recursos em setores de alto potencial na economia, priorizando o benefício dos associados, aproveitando as oportunidades geradas pelo crescimento do Estado do Paraná.

Fiscalizar o gerenciamento do plano de saúde, com o objetivo de mantê-lo equilibrado economicamente e com o compromisso de  continuar  evoluindo  para atingir plena capacidade em termos de gestão, de governança corporativa e de eficácia nos serviços que oferece.

Monitorar, de maneira independente, o resultado das auditorias atuariais e contábil que devem ser entregues a SPC, não limitando a atuação aos controles internos.

Fiscalizar o alinhamento dos gestores através dos objetivos institucionais. Para que a Fundação COPEL continue empenhada para garantir aos associados a tranqüilidade de que seus benefícios  estarão  lá  todo mês, creditados em  conta, por  muito, muito tempo de maneira exata.